h1

Fly one Time

maio 6, 2009

El milagro transciende una hazanã.

Em 29 de abril de 2008 o Barça era eliminado no “teatro dos sonhos”, também chamado de Old Trafford, campo do Manchester United. Nunca irei esquecer, uma bola cortada para o meio de Zambrotta e Paul Scholes acerta um voleio que nunca mais conseguiu acertar em toda sua vida. Isso era pra ter sido escrito a praticamente um ano atrás. Mas, eu não tenho o costume escrever  depois de derrotas seja de quem for.

Hoje 6 de maio de 2008 praticamente um ano depois. Vi o Barça levar um gol semelhante ao ano passado em um voleio, desta vez por Essien, de tamanha singularidade que em 100.00 se acerta apenas um. Mas, você sabe coisas impossíveis acontecem, especialmente contra o Barça. E desde o minuto 9 do primeiro tempo o barça ficou com o marcador atrás e perdendo. Parecia que seria mais um ano sem grandes alegrias…

Entretanto, foi mais parecido a um terremoto de felicidade. Um estalo de alegria de dimensões sísmicas. Corria o minuto 93 do segundo tempo, aproximadamente 17h45min de uma tarde quarta feira, que parecia ser sem graça. O Barça perdia por 1 x 0 e estava virtualmente fora da Champions… Contudo, em pleno desconto e com o tempo quase esgotado, Andrés Iniesta , obrou um milagre e meteu de forma mais que perfeita e merecida os discípulos de Pep Guardiola na próxima final do dia 27 de maio da Liga dos Campeões da Uefa.

Avé Culés.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: